top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Juliana Mesquita | Sol em Câncer

No dia 20 de junho, o Sol ingressa em Câncer. O primeiro signo da trilogia do elemento Água. O signo de Câncer vem nos mostrar a importância da intimidade, dos vínculos, dos sentimentos e da família. 


Onde temos Câncer no mapa astral, somos sentimentais, sensíveis, empáticos e protetores.  Para o canceriano é preciso proteger e se sentir protegido, logo, as relações precisam ser mais íntimas, mais próximas e com mais tempo de duração.


O canceriano típico prefere à família e a intimidade do que à socialidade e a superficialidade. Inclusive, a família é um dos temas mais importantes da vida do canceriano, é comum encontrarmos ‘matriarcas’ e ‘patriarcas’ nativos deste signo. A casa também é algo muito importante para os filhos da Lua, pois, qual seria o lugar mais associado ao aconchego? 


Uma das maiores aptidões do canceriano é formar vínculos e, quem não tem Câncer fortalecido no mapa astral, tem dificuldade em criar laços e conexões com as pessoas. Pode ser uma pessoa cheia de contatos e conhecidos, porém sem relacionamentos com vínculos sentimentais. 


Neste período em que o Sol ingressa em Câncer, alguma área de nossa vida será ativada, trazendo eventos e reflexões nos próximos dias. É um tempo de se perguntar: estamos dando a real importância aos nossos verdadeiros vínculos?  Os cancerianos, obviamente, iniciarão outro ciclo que será caracterizado por muita reflexão e conexão com a espiritualidade para depois em 2025 terem um ano de boas oportunidades.  


O sol em Câncer, este ano, vem acompanhado de dois outros planetas importantes: Mercúrio, da comunicação e Vênus, do afeto;  então, o final do mês de junho vem nos convidar a nos aproximarmos dos nossos íntimos, sejam eles familiares, amigos, pares afetivos entre outros. É hora de proteger e aceitar ser protegido.


Juliana Mesquita.


Komentarze


bottom of page