top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Igor Noronha | Giro da Semana

CPI DA SAÚDE

Diante das aparentes contradições entre depoentes e investigados, a comissão terá que se debruçar sobre as provas para fazer o seu relatório. Uma CPI não dá em nada (vira pizza) se não apurar responsabilidades ou se no seu desenvolvimento alguma formalidade não for seguida. Se a informação de que o vereador Kader, como Procurador, deu parecer na prestação daqueles serviços procede, poderia estar atuando? Mais uma nulidade à vista.

 

MPF

Se no daqui nada acontece, tudo se arquiva e considerando que a Saúde tem gestão tripartite (município, estado e união) que as conclusões, sejam enviadas também ao Ministério Público Federal, atendendo a Constituição Federal e a lei da CPI de 1952.

 

SOLIDARIEDADE

A crise da saúde faz problema também entre os pacientes transplantados. Diante da falta de medicamentos na farmácia pública, alguns estão cedendo o que tem sobrando (por hora) para quem está precisando com mais urgência (pela falta) até que estejam disponíveis. Caso alguém tenha complicações pela falta, é de chamar o município às responsabilidades.

 

OMISSÃO

O Presidente do Conselho Municipal da Saúde, falou que levou denúncias ao MP e à Câmara Municipal de Vereadores, mas nada foi feito. Disse ainda que no legislativo lhe responderam que não podem mexer no orçamento que vem “pronto” da Prefeitura. As desculpas para não exercerem o seu papel de legisladores não procedem. No processo legislativo alterações podem (e devem) ser feitas. Se não fosse assim, não precisaria passar pela Câmara.

 

NOVA CPI

Fala do vereador Itamar Luz, da tribuna da Câmara, na última sessão, levantou suspeita sobre aluguéis. Que um mesmo locatário tem vários contratos com a Prefeitura. Teremos nova investigação?

 

PRIORIDADE

A secretaria de obras não tem um saco de cimento disponível para fazer uma caixa de bueiro, mas a Prefeitura quer contratar publicidade paga em jornal impresso que só este ano consumiu R$ 150 mil do bolso do pagador de imposto cachoeirense. Na Câmara o assunto sequer foi tocado.

 

CADASTROS

Na Pandemia por COVID a Prefeitura, via STAS, agilizou o cadastramento das pessoas para receberem o auxílio. Agora a SMIS fará o cadastramento na Plataforma Digital Gov.br (por onde tudo é acessado) para que o Auxílio Reconstrução chegue mais rápido às mãos das pessoas. Além de atender às necessidades das pessoas, serão recursos movimentando nosso comércio. Ótima iniciativa.

 

SÓ O LUCRO

A concessionária que ganhou o direito de explorar o aeroporto Salgado Filho cogita devolvê-lo ao governo federal. Aos que defendem a entrega do Estado à iniciativa privada, eis um bom exemplo de como alguns “Liberais” agem: no lucro deles o público não deve se meter. Quando o prejuízo bate o olho cresce sobre o cofre governamental. Assim até eu vou virar “empresário”.

 

ANTES TARDE DO QUE NUNCA

O governador Eduardo Leite teve agenda com representação da Holanda recentemente. O país, conhecido por Reino dos Países Baixos, tem quase um terço do seu território e mais da metade da população vivendo em áreas abaixo do nível do mar e é exemplo para o mundo quando o assunto é diques e barragens contra inundações. Esperamos que a visita gere resultados.


Igor Noronha.


Comments


bottom of page