top of page
  • Foto do escritorDa Redação

Igor Noronha | Giro da Semana

A MAIOR DIFICULDADE DA PREFEITA

Em que pese a falta de experiência política vejo na Prefeita vontade que as coisas aconteçam, mas nem tudo depende dela. A ausência do seu antecessor, fez com que várias “carreiras solo” (termo utilizado quando o agir não representa a vontade coletiva) se criassem e junto disso a (falsa) convicção de que pessoas são insubstituíveis. Existem egos que se inflam diante do menor elogio ou reconhecimento pelo bom trabalho que faz, diga-se no cumprimento do dever. Dizer que se não for do seu jeito abandona o barco beira à covardia em meio aos problemas que estamos vivendo. O momento é de união. Mediar isso, fazendo muitos subordinados lembrarem seus papéis na administração pública municipal é tarefa árdua.

 

FISCALIZAÇÃO

Uma das prerrogativas dos vereadores é convocar Secretários para prestarem esclarecimentos. Somente 10 minutos da Tribuna Popular, durante uma sessão, onde se faz uma explanação, sem que nenhum parlamentar possa fazer perguntas, macula o papel de fiscal e se torna um monólogo. Também se fiscaliza com pedidos de informação, requisição de documentos e ida aos locais para conversar com os gestores. Com transparência as desconfianças e os “ouvi dizer” ficam esclarecidas.

 

AGILIDADE

Cachoeira do Sul até sexta não havia enviado informações ao ministério das cidades sobre a estimativa das residências atingidas no meio urbano e rural. Quantos mais cadastros e informações não foram enviados? Isso é fundamental para que os vários auxílios cheguem a quem precisa. A coluna está à disposição para receber as informações.

 

E OS MÓVEIS?

Alimentos, roupas e calçados são os primeiros chegam, mas a enchente revelou outra necessidade, os móveis das casas, basta dar uma andada pelos locais atingidos para ver que a pilha de itens danificados é enorme. Bom que o município está recolhendo. A experiência com a coleta de eletrônicos para reciclagem poderia ser usada para criar um centro de arrecadação de móveis.

 

LIDERANÇA

Rafael Quadros, que já concorreu a vice-prefeito em 2020, liderando a CACISC, entregou à Prefeitura os projetos de reforma de 10 pontes do Interior. Quando falamos sobre o Nova Indústria, do governo federal, mostrou entusiasmo. Espero que Cachoeira do Sul repita a experiência exitosa do vale do Taquari, onde a associação com a iniciativa privada traz ótimos resultados às cidades.

 

PEDRO LOPES

Sempre falamos na importância da vinda de empresas de fora para gerar empregos, mas quando um cachoeirense que retorna e quer, com seus contatos ajudar a cidade gestos de indelicadeza (chá de banco) e ingratidão (recusa de ajuda) não feitos? Sua vergonha diante de Florianópolis e do Samuel Vidal, outro cachoeirense especialista internacional em catástrofes, é coletiva. É também daqueles que pensam a cidade de forma coletiva. Enquanto isso, Rio Pardo abraçou a oportunidade de braços abertos e com coração cheio de alegria e gratidão. Apagar a fogueira das vaidades é necessário se quisermos avançar.

 

MARIO BUNGE

É do filósofo argentino a frase de que negar a ciência é muito mais fácil que aprendê-la é de grande oportunidade. Assim como à época da pandemia, onde medicamentos sem comprovação científica foram recomendados (aqui tivemos até nota assinada por dezenas de médicos) brotam “ideias” de toda ordem, de derrubada de árvores (segundo os iluminados o peso delas acarreta os desmoronamentos) à abertura de um canal na Lagoa dos Patos para escoamento da água mais rápida ao oceano. É cada absurdo.

 

POR FALAR NISSO

Há uma narrativa clara de vitimização de gestores omissos nas questões ambientais e nas ações para diminuição do avanço das águas na região metropolitana, sustentada pelos próprios negligentes. Reputações certamente são reavaliadas quando os atos de quem deveria agir causam grandes danos e prejuízos às pessoas.

 

TRANSPARÊNCIA

Lançado pelo governo federal, o portal Unidos Pelo RS, reunindo em um único local, todas as ações e recursos federais destinados ao Rio Grande do Sul e municípios gaúchos. Traz ainda notícias atualizadas sobre o trabalho das equipes no socorro às famílias e na recuperação da infraestrutura.



Igor Noronha

Comments


bottom of page